Tiradentes e os Impostos.

Tiradentes.

O Brasil espera que Cada um Cumpra o seu dever.Imagem

O feriado de hoje é uma homenagem ao Alferes (equivalente a Sub-Tenente) Joaquim José da Silva Xavier foi um dos principais nomes do Movimento pela Liberdade do Brasil, conhecido como Inconfidência Mineira.

Como ele também era dentista, ficou conhecido como Tira Dentes.

A rebeliáo tinha um estopim.

Ninguém queria mais pagar impostos para Portugal. Malditos 20%, ou quinto, como eram chamados na época. Só que aqueles impostos eram quase nada se a gente comparar com os impostos de hoje…

Uma coisa no Brasil é que um rebelde vira mártir e ao longo do tempo, e a gente esquece o significado.Hoje existem inúmeros nomes e alíquotas para taxar, tributar e cobrar impostos do nosso povo. Será que se o Tiradentes estivesse vivo hoje ele lutaria contra esta causa perdida? A carga de impostos hoje é absurda.

Cuidado com os “golpes bancários”

Agora no final do ano muitas pessoas vão atrás de empréstimos bancários, com objetivos diversos, como comprar uma casa, um carro, viagens. Mas sempre existe aquela “empresa fantasma”, que acaba por iludir as pessoas com juros baixos e vantagens economicamente impossíveis. Como evitar cair nesse golpe?

Uma atitude importante que se deve tomar é procurar vários locais, e sempre desconfiar de juros baixos demais ou muitas vantagens. Raras são as pessoas que não possuem amigos de confiança que já realizaram empréstimos. Uma dica é pedir conselhos para essas pessoas, para que elas indiquem alguém de confiança.

Image

Um site especializado nesse tipo de fraude, é o http://www.fraudes.org.

Vale a pena entrar e conferir sobre fraudes bancárias antes de assinar um contrato com uma empresa suspeita!

Cuidado com “nervosinhos”

Em quase todos os lugares ou situações que participamos no nosso cotidiano, existem pessoas com temperamento explosivo, e como não é possível identifica-los, é bom, e polido, que evitemos algumas atitudes, prezando sempre pela nossa vida e a vida de quem está junto de nós.

Andando pelas ruas, muitas vezes, devido ao grande fluxo de pessoas, podemos esbarrar em alguém. Na maioria das vezes, acabamos por nos desculpar, e seguimos nosso curso, mas, em contraponto, pode acontecer de esbarrarmos em alguém e esse alguém pode acabar tomando atitudes que coloquem em risco a sua vida e a vida de quem está por perto. Como não é possível ter conhecimento do que cada pessoa porta na rua. É um risco que infelizmente corremos.

Image

Outra situação, que comumente encontramos os “esquentadinhos” é no trânsito. Existem vários casos de acidentes simples que terminam em situações trágicas. Dentro de um veículo, as pessoas podem portar armas, brancas ou de fogo, e ao sofrer um acidente, devido ao temperamento explosivo, podem fazer com que um simples amassado no carro se transforme em tragédia. Podemos evitar tais situações seguindo as leis de trânsito, é claro, e agindo sempre com educação no trânsito. Nunca, ao sofrer um acidente, seja culpado ou não, deve-se sair exaltado do veículo.

Em tempos difíceis, com altos índices de violência, sermos educados e gentis nas situações do dia a dia podem, sim, fazer com que nos mantenhamos seguros, além de que ser educado é algo básico para a convivência de todos.

Cuide bem do seu animal de estimação

Grande parte da população possui animais de estimação, e o vínculo criado entre o dono se seu “bichinho” é algo tão grande que se acontece qualquer coisa de ruim com ele (a) acabamos por sofrer como se fosse um familiar. Portanto, nada melhor do que cuidar dos perigos que ele pode correr.

Na sociedade, infelizmente existem pessoas que não se importam com os outros e nem com as leis, e cometem atitudes até mesmo contra animais indefesos. Infelizmente, não é muito difícil de encontrar casos de maus tratos com animais. Esses indivíduos chegam até invadir uma residência para maltratar um animal.

Image

Animais como cachorros e gatos são as maiores vítimas desses indivíduos, mas podemos protegê-los, mantendo-os sempre dentro da propriedade, de preferência, caso sejam animais de pequeno porte, mantê-los dentro de casa ou em um local onde a visibilidade não seja clara. Quando o animal é de grande porte, e serve como segurança da casa, o mais recomendado é adestrá-lo, para que ele não venha a comer alimentos possivelmente envenenados dados por estranhos.

Com gatos a situação é mais complicada, devido ao fato de que gatos dificilmente ficam presos dentro de casa. Mas também existem formas de adestramento de gatos, o valor é maior do que um adestramento de cachorro, mas para manter seu animal seguro, vale o investimento. Em datas específicas, algumas espécies de gatos sofrem mais, por exemplo, as sextas feiras 13 e dia das bruxas. Muitas pessoas usam essas datas como pretexto de cometer maldades contra esses animais indefesos.

Ter um animal de estimação é uma responsabilidade, e por ser uma responsabilidade, pode, muitas vezes, dar trabalho, mas nem por isso devemos deixa-los de lado, ou fazer com que eles corram risco de sofrer por “preguiça”. Mesmo quando não cuidamos ou não somos responsáveis pelo animal de nossa casa, quando ocorre algo de ruim com ele, acabamos sofrendo tanto quanto quem é responsável. Diga não aos maus tratos contra animais, e se perceber que alguém está fazendo mal a algum, não deixe de denunciar.

Se beber não dirija!

Diariamente, infelizmente, várias pessoas que fazem uso de bebidas alcoólicas acabam por decidir dirigir e colocam em risco a própria vida e a vida dos outros. Nos últimos tempos, várias opções para as pessoas que gostam de beber um pouco foram criadas a fim de evitar acidentes.

Image

O que mais se recomenda é pegar um taxi para se deslocar quando tem conhecimento de que irá beber, inclusive, os valores que eram altíssimos foram congelados para que os números de ocorrências de trânsito diminuam.

Outro serviço inovador (em Curitiba) é realizado por duas pessoas, e funciona da seguinte forma: Se você saiu à noite e acabou bebendo, mas foi de carro até o local, basta entrar em contato com este serviço que um casal irá te buscar e dirigir seu carro.

Outra opção é o famoso “motorista da rodada”, aquele que terá que se segurar e não ingerir quaisquer bebidas alcoólicas. Essa pessoa é responsável por deixar os seus amigos em casa. Mas nem por isso deixará de se divertir. Estar com os amigos e reencontrá-los nos outros dias é a maior motivação que o “motorista da rodada” deve ter.

Como agir em tumultos

            Nos últimos dias está sendo noticiada nos maiores meios de comunicação a confusão que ocorreu na partida entre Atlético Paranaense e Vasco. Em um local onde os marginais podem se infiltrar no meio dos cidadãos de bem, as chances de ocorrerem tumultos, arrastões e assaltos aumenta. Portanto, nada melhor que ter noção das atitudes que devem ser feitas para evitar tornar-se vítimas nessas situações.

            Quando frequentamos locais com grande aglomeração de pessoas, infelizmente, algumas de má índole acabam por estar nesse meio. Em um estádio de futebol, por exemplo, quando se vai com a família a fim de ter um momento de lazer, procurar sentar-se em locais afastados das torcidas organizadas ou divisas de torcida, esses são os locais com maior incidência de atos de vandalismo e roubo.

Image

            O mesmo acontece em shows, porém, existem locais específicos que devem ser evitados, portanto a atenção que devemos tomar é maior. Em shows a incidência de brigas ou confusões generalizadas é menos, mas em contrapartida os roubos são maiores. É recomendado que objetos de valor não sejam levados em tais eventos. Também não se recomenda levar grande quantidade de dinheiro. Outra dica é sempre ir acompanhado de pessoas de confiança, uma ajuda a cuidar da outra, além de que curtir com amigos é muito melhor!

            Todos gostamos e precisamos de momentos de lazer. Para que isso seja mesmo um momento de lazer, tomar algumas precauções pode ajudar evitar que um momento de lazer com as pessoas que gostamos venha a se tornar um momento estressante.

Como se proteger dentro de um ônibus

             Diariamente milhares de famílias e trabalhadores fazem uso do transporte público. Existem linhas que possuem maior quantidade de passageiros, nas quais as ocorrências de delitos são, infelizmente, mais recorrentes. Os assaltos dentro dos ônibus podem ocorrer com qualquer usuário, mas existem algumas atitudes que podem ajudar a evitar um assalto.

            Atualmente, cerca de 45% da população curitibana e de sua região metropolitana fazem uso do transporte público e, infelizmente, grande parte já sofreu com assaltos enquanto estavam dentro de ônibus ou terminais. As atitudes suspeitas que devem ser observadas pelos usuários são bem simples, como observar quem está em sua volta, perceber se alguém está olhando fixamente para você, se existem alguém dentro do ônibus que está esbarrando nos outros usuários. São observações simples que podem evitar com que você venha a ser uma vítima desses assaltantes.

Image

            Ultimamente é fácil encontrar relatos de pessoas que foram vítimas de assaltos dentro dos ônibus, e ao se encaminharem a uma delegacia reconhecem o suspeito do delito, e se surpreendem com o que descobrem. Os infratores estão se aperfeiçoando e mudando suas atitudes, como usar roupas que transmitem certa confiança, como ternos e roupas sociais.

            Atitudes como sempre manter seus pertences por perto;  procurar andar acompanhado de alguém de confiança; ao sentar, procurar ajudar os outros passageiros, disponibilizando-se a carregar seus pertences. Com atitudes como essas, você evita ser vítima de um assalto e ainda pode ajudar os outros.